O PSD sabe que o PS sabe …

Depois do anúncio descarado do Primeiro Ministro Passos Coelho , ocorreu-me  aceder ao Facebook ver a reacção pronta e a quente dos portugueses.  Ainda muito atónitos e incrédulos se aquelas medidas anunciadas eram finalmente para se aplicar ao senhores do grande capital. Afinal não ! Eram para os mesmos. Aqueles que trabalham e sustentam a sanguessuga máquina do Estado já a muito custo desde alguns anos a esta parte. Mas agora foi por demais. Já ninguém consegue dar mais! A fúria lia-se e lê-se nas palavras de ordem que circulam na maior rede social.

Já ontem, o PSD pedia ao PS que desse medidas alternativas aquelas anunciadas . Mas rapidamente me apercebi do que queria dizer a mensagem subliminar naquele desafio dos laranjas. E é o seguinte claramente. O PSD sabe que o PS sabe  como funcionam as coisas quando se tomam decisões políticas de taxar as grandes fortunas, de fazer os ricos pagar a crise. Não se rouba o pão a quem nos dá a carne. São os grandes grupos económicos que financiam os partidos políticos, que financiam milhares de milhões de euros em publicidade eleitoral , no desempenho da máquina eleitoral de ambos os partidos. São também esses grandes grupos que empregam os boys , quando os mesmos deixam a política para passar a trabalhar em altos cargos nessas mesmas empresas beneficiadas.

Passos Coelho e o PSD sabem disso , e o PS também sabe. O desafio de pedir ao PS que lance os dados para dar novas alternativas às medidas anunciadas agora, não passam por tocar nos senhores do capital , para nenhum destes partidos.  Eles sabem que ao fazê-lo estarão a assinar  a sua sentença de morte.

Isto só prova o quanto o sistema politico está ultrapassado, é imoral e visa apenas servir o interesse de meia dúzia em detrimento de milhões de portugueses, que são fustigados com impostos e níveis de vida insustentáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>